terça-feira, 31 de agosto de 2010

De Prostituta a Deputada

Chama-se Gabriela Leite e é candidata ao Congresso Nacional brasileiro. No início da década de 90, fundou a Rede Brasileira de Prostitutas. Sem pudores sobre o passado, a sua autobiografia intitula-se "Filha, Mãe, Avó e Puta".


Gabriela Leite venceu todos os preconceitos e decidiu contar a Lusa como abandonou o curso de Sociologia da Universidade de São Paulo e uma vida de classe média para se tornar prostituta. Agora, é candidata ao Congresso nacional, com o slogan "Puta Deputada".

No início da década de 90, Gabriela Leite fundou a Rede Brasileira de Prostitutas, que já conta com 32 associações pelo Brasil, e no Rio de Janeiro, criou a organização não governamental "Davida" para lutar pelos direitos das prostitutas.

Em 2005, Gabriela idealizou a grife "Daspu" para garantir receitas às prostitutas. O nome é uma provocação à "Daslu", a maior loja de artigos de luxo do Brasil.

E agora, após 30 anos de militância, o seu objetivo é conquistar uma vaga como deputada federal. Com um slogan nada convencional "Puta Deputada", a sua campanha eleitoral pelo Partido Verde (PV, da candidata presidencial Marina Silva, ex-ministra do Ambiente de Lula da Silva) levanta a bandeira de temas tabus na sociedade brasileira, como a legalização dos profissionais do sexo, os direitos sexuais, a defesa do aborto e o casamento homossexual. "O meu voto é de opinião, não é de multidão", admite.

"Ó meu deus, uma prostituta que fala"

"Comecei uma onda de movimento de prostitutas. Trabalhei na Boca do Lixo em São Paulo, na zona boémia de Belo Horizonte e cheguei à Vila Mimosa no Rio de janeiro. As pessoas me consideravam meio maluca por estar fazendo isso", disse à Lusa, Gabriela Leite.

"Ó meu deus, uma prostituta que fala", reproduz Gabriela parte das críticas que recebeu ao longo de sua vida. E, para responder ao preconceito, escreveu uma . A sua autobiografia intA sua história de vida já vai servir de guião para uma longa-metragem de ficção e de tema para o teatro.

Sem dinheiro e com apoio dos amigos, a campanha é quase toda feita pela internet, pois a "Puta Candidata" tem apenas 10 segundos no programa eleitoral televisivo.

"Há muitas pessoas que simpatizam com a campanha. Mas tem gente que fala: 'o mundo está de cabeça para baixo, uma prostituta se candidatando', tem outro que disse que 'só faltava isso na política'. Qual é o problema? Acima de puta eu sou mulher", argumenta.

Falta presença feminina no Congresso Nacional

Gabriela Leite critica a falta da presença feminina no Congresso Nacional, onde as mulheres representam apenas seis por cento dos parlamentares. "Vai ser difícil, mas acho que vale a pena para dar uma sacudida. Vai ser uma baita luta política e eu gosto de fazer tudo com desejo e tesão. Acho que isso vai ser um baita tesão", afirmou a sorrir.

A campanha pouco inusitada e o pioneirismo de sua ação foram o que motivou a socióloga Verônica Machado a tornar-se voluntária da campanha. "Eu acredito na Gabriela, dou o meu apoio incondicional. É diferente porque ela tem uma proposta, tem opinião, não tem medo de brigar e de se expor. Ela quebrou paradigmas a vida inteira", defendeu Verônica.

Para a socióloga, "todo o profissional do sexo, independentemente do género, é um cidadão e tem o direito de se manifestar".

Rozzi Brasil, também se diz eleitora da Puta Deputada: "Eu acho ótima essa ideia. O que chama a atenção é a coragem dela dizer que é prostituta declarada e concorrer a um cargo público."

Para a seguidora de Gabriela Leite, a sociedade "vive ainda com uma mentalidade muito antiga, em que causa espanto uma prostituta".

Memória Histórica - 31 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Os primeiros eléctricos chegam a Lisboa. O Rio de Janeiro torna-se capital do Brasil. Começa a construção do Santuário do Sameiro, em Braga. Jack, o Estripador, comete o seu primeiro crime. Nasceram Van Morrison e Richard Gere. Morreram Charles Baudelaire e Marina Tsvetaeva. Mariza e "Gente da minha terra".

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

O Virtuoso


Paulo Portas na sua reentrée vem falar aos portugueses de magias que o caracterizam. Agora a sua "Proposta de Emprego" que não passa de um despedimento de 24 horas para voltarem a contratar de seguida.
Que humor tão pacóvio!

Memória Histórica - 29 Agosto 2010 e 30 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Portugal reconhece Independência do Brasil. D. Afonso V conquista a cidade de Tânger. A morte de Atahualpa e o fim da civilização dos incas. Gottlieb Daimler e a motocicleta; O furacão Katrina continua a arrasar Nova Orleães. John Locke. O Mestre Aleijadinho. Charlie Parker. Ingrid Bergman. Los Lobos cantam "La Bamba".



DESCRIÇÃO: O nascimento de uma nova nação: Timor-Leste. O movimento sindical polaco "Solidariedade". Fontes Pereira de Melo lidera o recém-criado Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria. A viagem inaugural do vaivém Discovery. Mary Shelley. Rânia da Jordânia. Nicolau Nasoni. Os "Oasis" cantam "Supersonic", single de estreia do primeiro álbum da banda.

sábado, 28 de agosto de 2010

Fartos de Ziguezagues

Memória Histórica - 28 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Martin Luther King faz o célebre discurso "I Have a Dream"; o assassínio de um adolescente negro, Emmett Till; o divórcio de Carlos e Diana, príncipes de Gales; o furacão Katrina arrasa Nova Orleães; Goethe; Leo Tolstoy; as Marvelettes cantam "Please, Mr. Postman".

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Bluff

O livro proibido... "O Chefe"

Ilustração de Anamaria Mota, com base em foto de Dida Sampaio/AE, publicada em 18 de Fevereiro de 2009

Nos dois governos do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, diversos casos de corrupção sacudiram o País.

O mais grave ficou conhecido como escândalo do mensalão.

Dirigentes do PT foram denunciados por montar uma organização criminosa.

Lula tratou de abafar investigações e proteger correligionários e aliados.

O jornalista Ivo Patarra levou “O Chefe” a duas editoras, que recusaram a publicação do livro.

A publicação traz quilos de acusações ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, aliás, serviu de inspiração para o nome da obra.

Lula é tratado como “chefe” por seus assessores mais íntimos no Planalto.

Na contra-capa, o economista César Benjamim, um dos fundadores do PT, afirma, pesadamente: “O grande legado do Lula é a disseminação do antivalor. O valor da esperteza, o valor de se dar bem, de não estudar, de ter orgulho de não estudar...” César desligou-se do partido. E, como se vê, saiu atirando.

“O Chefe” está disponível gratuitamente aqui: www.escandalodomensalao.com.br

ou aqui,

Índice

Capítulo 1 - ”O Governo Lula é o mais corrupto de nossa história”

Capítulo 2 - Montanhas de dinheiro: em pacotes, malas, carros-fortes e até em cuecas

Capítulo 3 - Lula, o chefe

Capítulo 4 - A história do “Acordo Criminoso” da chapa Lula/José Alencar em 2002

Capítulo 5 - O escândalo do dossiê: flagrante de R$ 1,7 milhão em dinheiro vivo

Capítulo 6 - Os 403 dias que marcaram o escândalo do mensalão

Capítulo 7 - Na denúncia do Procurador-Geral da República, mensalão foi ação de “Organização Criminosa”

Capítulo 8 - O assassinato do prefeito Celso Daniel, coordenador da eleição de Lula em 2002

Capítulo 9 - Promotores pediram prisão de Antonio Palocci, acusado por envolvimento com a “Máfia do Lixo”

Capítulo 10 - Oito ministros do Governo Lula. Oito casos de corrupção

Capítulo 11 - O Presidente do Senado, aliado de Lula. Outro caso de corrupção

Capítulo 12 - Sob a conveniência da “Segurança Nacional”, Lula não revelou gastos com cartão corporativo

Capítulo 13
- Em 5 anos, Lula repassou R$ 12,6 bilhões para ONGs. Dinheiro para amigos, mal fiscalizado

Capítulo 14 - Traquinagens da família Lula da Silva. As andanças de Genival, o “Vavá”

Capítulo 15 - Duas tragédias, apagão aéreo e corrupção na Infraero. Compadre de Lula ganhou milhões

Capítulo 16 - STF abriu processos contra 40 mensaleiros. José Dirceu foi acusado de corrupção ativa e formação de quadrilha

Capítulo 17 - Dois anos depois, Polícia Federal desmantelou outra organização criminosa nos Correios

Capítulo 18
- TCU recomendou paralisar obras irregulares; Petrobras foi campeã em aumento de custos

Capítulo 19 - Apesar do desgaste, Lula defendeu José Sarney e retribuiu apoio recebido no caso do mensalão

Capítulo 20 - Lula: “Sarney tem história para que não seja tratado como se fosse pessoa comum”

Capítulo 21 - Na crise do mensalão, o PT temeu o impeachment. A oposição não agiu. Lula deu a volta por cima

Memória Histórica - 27 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Edwin Drake inventa um método de extracção de petróleo. O IRA assassina Lord Mountbatten. O primeiro "Livro Guinness dos Recordes". Nasceram Confúcio, Hegel, Man Ray, Madre Teresa de Calcutá e Deco. Morreu o pintor Tiziano. Madonna com "Music".

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Farsa à Portuguesa I

Camarada Chico Lopes à Presidência da República

Memória Histórica - 26 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Aprovada em França a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Júlio César entra nas ilhas britânicas. A prisão dos escravos amotinados do navio Amistad. Michelangelo aceita a encomenda para fazer a Pietá. Nasceram Antoine Lavoisier e Julio Cortázar. Morreu Carlos Paião. Os Beatles e "Hey Jude".

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Memória Histórica - 24 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: O Vesúvio destrói Pompeia e Herculanum; Bíblia de Gutenberg; Afonso de Albuquerque em Malaca; massacre do dia de S. Bartolomeu; eleição de Manuel de Arriaga; Jorge Luis Borges; Léo Ferré; Paulo Coelho; Elvis Presley e "Love me tender".

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Portugal e o Mapa Europeu

"Quando se quer falar de um país caótico e que pela sua decadência progressiva poderá ser riscado do mapa da Europa, citam-se, a par, a Grécia e Portugal."
Eça de Queiroz, "As Farpas", 1872

Vou-me a eles...

Políticas do PSD

A Alternativa que este País tem...

Trágico

"Trocadas as descomposturas preliminares, sobre a questão da fazenda, decide-se que é indispensável, ainda mais uma vez, recorrer ao crédito, e faz-se novo empréstimo.

No dia seguinte averigua-se, por cálculos cheios de engenho aritmético que para pagar os encargos do empréstimo do ano anterior não há outro remédio senão recorrer ainda mais uma vez ao país e cria-se um novo imposto.

Fazem-se empréstimos para suprir o imposto, criam-se impostos para pagar os empréstimos, tornam-se a fazer empréstimos para atalhar os desvios do imposto para o pagamento dos juros, e neste interessante círculo vicioso, mas ingénuo, o deficit - por uma estranha birra, admissível num ser teimoso, mas inexplicável num mero saldo negativo, em uma não-existência - aumenta sempre através das contribuições intermitentes com que se destinam a extingui-lo, já o empréstimo contraído, já o imposto cobrado.

Pela parte que lhe respeita, o país espera.

O quê?

O momento em que pela boa razão de não haver mais coisa que se colecte, porque está colectado tudo, deixe de haver quem empreste, por não haver mais quem pague..."

Ramalho Ortigão, "As Farpas", 1882

Memória Histórica - 23 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: A corrente humana do Báltico de 1989. O Pacto von Ribbentropp-Molotov entre a Alemanha nazi e a União Soviética. O caso "Sacco e Vanzetti". Nasceram Alexander Calder e Gene Kelly. Morreu Rodolfo Valentino. Jeff Buckley e "Hallelujah".

domingo, 22 de agosto de 2010

SPAM - Constituição da República

Advertência: Cuidado com este Spam vindo do PSD!

Estamos perdidos há muito tempo...

"Estamos perdidos há muito tempo...

O país perdeu a inteligência e a consciência moral.

Os costumes estão dissolvidos, as consciências em debandada.

Os caracteres corrompidos.

A prática da vida tem por única direcção a conveniência.

Não há princípio que não seja desmentido.

Não há instituição que não seja escarnecida.

Não há nenhuma solidariedade entre os cidadãos.

Ninguém crê na honestidade dos homens públicos.

Alguns agiotas, felizes, exploram.

A classe média abate-se progressivamente na imbecilidade e na inércia.

O povo está na miséria.

Os serviços públicos são abandonados a uma rotina dormente.

O Estado é considerado na sua acção fiscal como um ladrão e tratado como um inimigo.

A certeza deste rebaixamento invadiu todas as consciências.

Diz-se por toda a parte, o país está perdido!

Algum opositor do actual governo?

NÃO!!!"

Eça de Queiroz, 1871

Memória Histórica - 22 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Os portugueses conquistam a cidade de Ceuta. Assinatura da primeira Convenção de Genebra, que deu origem à Cruz Vermelha Internacional. O explorador Burckhardt descobre os vestígios da cidade de Petra. O assassinato de Michael Collins. As primeiras vitrolas. Nasceram Claude Débussy, Leni Riefenstahl e Henri Cartier-Bresson. Morreu o industrial Alfredo da Silva. Marta and the vandellas com "Dancing in the street".

sábado, 21 de agosto de 2010

Spam do PSD - Passos da Constituição da República

Memória Histórica - 21 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: James Cook reclama a Austrália para a coroa britânica. Vitória luso-britânica na Batalha do Vimeiro. Promulgada a Constituição Portuguesa de 1911. O roubo da Mona Lisa. Nelson Évora conquista a Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim. Derrocada na praia Maria Luísa soterra cinco pessoas. Nasceu Usain Bolt. Morreu Alexandre O'Neill. Fats Waller e "Ain't misbehaving".

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Sonho Americano...

video

Memória Histórica - 19 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Daguerre cria o primeiro processo de fixar imagens em papel - o princípio da fotografia. Sérgio Vieira de Mello morre num atentado terrorista. Um Golpe de Estado coloca no poder o Xá Reza Pahlevi. Nasceram Coco Chanel, Bill Clinton e Maria de Medeiros. Morreram Federico García Lorca e Groucho Marx. Ella Fitzgerald e Louis Armstrong com "Summertime".

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Pólvora Seca

O desafio de Passos Coelho ao Governo na "Festa do Pontal" "é tiro de pólvora seca".

... "É um tiro de pólvora seca. Se o PSD estivesse de facto verdadeiramente interessado numa crise institucional e em eleições não tinha, em primeiro lugar, votado ou viabilizado o Orçamento do Estado e, em segundo lugar, até foi mais longe, porque poderia ter-se abstido em relação ao Plano de Estabilidade e Crescimento (PEC) e às suas medidas adicionais" - Jerónimo de Sousa.

Man on Fire em S. Pedro do Sul

Depois da "Festa do Pontal" no Algarve, a estreia tardia em S. Pedro do Sul do "Man on Fire"

Cordeiro dos Diabos

Algarve 2010

Memória Histórica - 18 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: A primeira pílula anticoncepcional. Golpe de Estado em Moscovo tenta derrubar Gorbachov. Inauguração da Praça de Touros do Campo Pequeno. Publicado o romance "Lolita", de Nabokov. Nasceram Antonio Salieri, Robert Redford e Edward Norton. Morreram Honoré de Balzac e Gengis Khan. Domenico Modugno e "Volare".

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Deputados do PSD foram os mais faltosos da última Sessão Legislativa

Não esquecer que em 2008 os Deputados do PSD foram os mais faltosos.
Uns não votaram porque não estavam. Outros estavam mas não votaram?
O PSD lidera a lista dos dez deputados mais faltosos da primeira Sessão Legislativa da XI Legislatura, com o social-democrata Sérgio Vieira a destacar-se com 40 faltas justificadas, de acordo com dados disponibilizados pelo Parlamento.

Sérgio Vieira (PSD), Pedro Rodrigues (PSD), Carlos Páscoa Gonçalves (PSD) e Fernando Marques (PSD) ocupam os primeiros quatro lugares da lista, verificou a Lusa ao analisar as informações disponíveis no sítio da Internet do Parlamento (www.parlamento.pt).

Por Grupos Parlamentares, o PSD lidera também no total de faltas, com 362, seguido do PS, com 210, e do CDS (67), BE (19), PCP (14) e PEV (1). Entre os líderes partidários, o presidente do CDS-PP, Paulo Portas está à cabeça dos mais faltosos, com 11 faltas justificadas e duas por justificar.

Nos líderes parlamentares, as quatro faltas justificadas de José Manuel Pureza, do Bloco de Esquerda, dão-lhe o título do mais faltoso, sendo que os líderes de bancada de PS, PSD, CDS-PP e PCP não deram qualquer falta.

O Deputado Sérgio Vieira, eleito pelo Porto, é o que mais faltou ao Plenário (40 faltas) e, ao justificar todas as faltas, alegou para 31 das ausências motivo de força maior e para as restantes nove doença.

Questionado pela Lusa, Sérgio Vieira afirmou que as faltas que deu "estão justificadas por motivos de força maior, para acompanhamento de familiar fora do país", tendo apresentado "atestados médicos e certificados de internamento hospitalar".

Para que as faltas estivessem justificadas bastaria alegar força maior, mas mesmo assim decidi apresentar os atestados médicos e, mais ainda, certificados de internamento hospitalar, declarou.

No ranking dos mais faltosos, o segundo lugar é ocupado pelo Deputado do PSD eleito por Braga Pedro Rodrigues, que faltou 25 vezes ao plenário, tendo invocado doença para 23 dessas faltas e trabalho político nas duas restantes.

O social-democrata Carlos Páscoa Gonçalves, eleito pelo círculo de fora da Europa, deu 23 faltas justificadas na totalidade com trabalho político.

O Deputado do PSD Fernando Marques, de Leiria, faltou 15 vezes ao plenário, 12 das quais foram justificadas com doença e as duas restantes com trabalho político.

Na lista dos dez Deputados mais faltosos desta Sessão Legislativa, seguem-se os sociais-democratas José Luís Arnaut (Viseu) e Couto dos Santos (Aveiro), ambos com 14 faltas justificadas.

Fecham esta lista o social-democrata Carlos Costa Neves (Castelo Branco) e o socialista Mota Andrade (Bragança), que estiveram 13 vezes ausentes do Plenário, assim como o Deputado do PSD José Cesário (fora da Europa) e o líder do CDS-PP, Paulo Portas.

A assiduidade dos líderes de bancada é tal que nem Francisco Assis (PS), Miguel Macedo (PSD), Pedro Mota Soares (CDS-PP) ou Bernardino Soares (PCP) deram qualquer falta, tendo em alguns casos estado ausentes em missão parlamentar, o que não é considerado falta.

A líder da bancada de Os Verdes, Heloísa Apolónia, deu uma falta justificada e José Manuel Pureza, do Bloco de Esquerda, quatro.

Entre os líderes partidários que são simultaneamente Deputados, Francisco Louçã, do Bloco de Esquerda, é o mais assíduo, não tendo sido registada qualquer falta sua.

O líder do PCP, Jerónimo de Sousa, faltou duas vezes ao Plenário, tendo justificado as ausências com trabalho político.

O Presidente dos Democratas Cristãos, Paulo Portas, deu 11 faltas justificadas e duas para as quais não apresentou qualquer justificação.

Nos motivos alegados por Paulo Portas, domina o trabalho político (oito), seguido pela doença (duas) e um motivo considerado relevante.

Fonte: Lusa/Sol

Bombeiro Voluntário

Memória Histórica - 17 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: O lançamento do CD - Compact Disc. Joseph Pulitzer faz uma doação para a Universidade de Harvard criar um curso e um prémio de jornalismo. O primeiro filme de desenhos animados. A primeira travessia do Atlântico em balão de ar quente. Bill Clinton admite ter tido "relações impróprias" com a estagiária Monica Lewinski. Nasceram Robert de Niro e Sean Penn. Miles Davis com John Coltrane em "So what", do álbum "Kind of blue".

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

domingo, 15 de agosto de 2010

Não Passas de Uma Criança Política

PSD - Festa do Pontal

Memória Histórica - 15 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: A Índia torna-se independente do Reino Unido. Criação da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. Assinado o primeiro contrato comercial entre a China e Portugal. Inauguração do canal do Panamá. Nasceram Santo António de Lisboa, Napoleão Bonaparte e António Silva. Jimmy Hendrix no Festival de Woodstock.

sábado, 14 de agosto de 2010

Memória Histórica - 14 Agosto 2010


DESCRIÇÃ: A Batalha de Aljubarrota. Inauguração do Coliseu dos Recreios. O Imperador Hirohito anuncia a rendição total do Japão. Lech Walesa encabeça a luta dos trabalhadores dos estaleiros de Gdansk. O "apagão" gigantesco nos EUA e Canadá. Nasceram Rosa Ramalho e Renée Goscinny. Morreram Bertold Brecht e Czeslaw Milosz. Sonny and Cher com "I got you babe".

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Memória Histórica - 13 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Começa a construção do "Muro de Berlim". Kemal Ataturk é eleito Presidente da Turquia. Começa a Revolução Cultural na China de Mao Tse Tung. Produzido o primeiro aço inoxidável. Fundada a BMW. Nasceram Alfred Hitchcock e Fidel Castro. Morre António de Spínola. As Supremes e "You can't hurry love".

Memória Histórica - 12 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: A rainha egípcia Cleópatra suicida-se. Carlos Lopes conquista a medalha de ouro da maratona nos Jogos Olímpicos de 1984. A IBM lança o primeiro computador pessoal. O naufrágio do submarino Kursk. Nasceram Miguel Torga, Cantinflas e Jean Nouvel. Morreu Ernesto de Melo Antunes. Janis Joplin e "Get it while you can".

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Trambulhão Partidário

Memória Histórica - 11 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: A Batalha das Termópilas; Rodrigo de Bórgia torna-se papa Alexandre VI; fundação da Al-Qaeda. Nasceu Enyd Blyton. Morreram Pedro Nunes e Jackson Pollock. Os "Contours" com "Do you love me".

terça-feira, 10 de agosto de 2010

O preço elevado do neoliberalismo

A proposta de Revisão Constitucional do PSD, sendo má, tem um mérito: Não passa de uma ofensiva neoliberal.

Memória Histórica - 10 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Fernão de Magalhães inicia a primeira viagem marítima à volta do mundo. A sonda espacial Magalhães chega a Vénus. Registada a patente da tampa com rosca. Estreia do primeiro programa de "Apanhados" na TV. Nasceram Jorge Amado e Antonio Banderas. Fats Domino e "I want to walk you home".

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Memória Histórica - 09 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: A missa inaugural da Capela Sistina, no Vaticano. Início da construção da Torre de Pisa. Lançada a bomba atómica sobre Nagasaki. Mahatma Gandhi é preso pelas autoridades britânicas. Nasceram Jean Piaget e Audrey Tatou. Morreu Hermann Hesse. Os "ABBA" com "The winner takes it all".

domingo, 8 de agosto de 2010

Memória Histórica - 08 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Bartolomeu de Gusmão faz subir o primeiro balão de ar quente. O Presidente dos EUA Richard Nixon apresenta a renúncia ao cargo, devido ao Watergate. Fundada a cidade do Huambo, Angola. Hitler começa o ataque aéreo a Inglaterra. Abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim. nasceram Emiliano Zapata, Dustin Hoffmann e Roger Federer. Brian Hyland com "Itsy bitsy teenie weenie yellow polkadot bikini".

Memória Histórica - 07 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Philipe Petit cruza o espaço entre as torres do "World Trade Center" sobre um cabo metálico. Atentados terroristas às embaixadas americanas no Quénia e na Tanzânia. Simon Bolivar derrota os espanhóis na Batalha de Boyacá. Começam as obras de construção do metropolitano de Lisboa. Nasceram Mata Hari e Caetano Veloso. Paul Anka e "Diana".

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Os Poderes da Rainha Monteiro

Pinto Monteiro diz que "tem os poderes da Rainha de Inglaterra". Como quem diz não ter poderes para nada. Não manda nada. É uma espécie de biombo decorativo da nossa democracia. Fica a pergunta: e gosta?


Qualquer um de nós (até o mais acérrimo republicano) gostaría de calçar os chinelos do rei ou rainha por um dia. Aquela ideia da monarquia passar os dias sentada num sofá com motivos florais a bebericar chá entre caçadas, enquanto lê os jornais do "Reino", a ser apaparicada podendo materializar todo e qualquer desejo é no mínimo apelativa. Mas até para se ser Rei é preciso ter algum jeito, entenda-se.

Agora a bandeira ao alto que ostenta o "Palácio" do Senhor Procurador Geral da República, que à boa maneira Bitish indica que o monarca se encontra dentro do edifício, foi hasteada em 2006. Repito: 2006. Não foi ontem, no mês passado ou no ano passado.

Daqui se conclui que das duas uma: ou o senhor procurador é efectivamente masoquista, justificando assim a permanência num cargo que o próprio considera inútil, inócuo e destituído de poderes -"um simulacro" - ou então tem de facto feitio para ser Rainha de Inglaterra. Pelo menos no entendimento que o próprio tem do que é ser a monarca britânica. Porque de outra forma ter-se-ia já demitido do cargo que ocupa. E oportunidades não lhe faltaram.

A única aproximação que consigo encontrar entre o cargo do PGR e o de um monarca prende-se com o processo Face Oculta. Em que as escutas ao Primeiro-Ministro do "Reino" foram mandadas destruir pelo "monarca" mesmo contra a vontade de alguns magistrados. Um processo com alguns tiques de absolutismo.

O Procurador foi escolhido pelo Governo e nomeado pelo PR, não assumiu o cargo por ser Principe herdeiro. Ao que se saiba ainda não é o governo Inglês que nomeia a Rainha. É precisamente o contrário. Ou seja, a rainha convida o partido vencedor das eleições e seu líder a formarem governo. Por este facto, por não estar ligado ao cargo por razão hereditária da qual não possa fugir ou renegar, e tendo em conta que o reinado não parece estar a correr assim tão bem e o reino se encontrar a saque e em plena guerra civil, talvez não fosse má ideia o Sr. Procurador desistir do cargo, pois depende exclusivamente da sua própria vontade. Ou não?

Até porque, e resumindo: Apito dourado - Resultado? Processo Casa Pia - Resultado? Processo Face Oculta - What? Já o Processo Freeport transformou o PGR em Rainha de Inglaterra e continuamos a assistir a uma das maiores vergonhas da história da justiça portuguesa, com os seus pares a acusarem-no através do sindicato de ingerência. O PGR parece o Reitor de um colégio de meninos mal comportados do Ministério Público. Completamente ignorante e impotente em relação ao que ali se passa e incapaz de controlar que os traquinas engendram.

A Rainha de Inglaterra tem uma coisa dos britânicos que a justiça portuguesa e o PGR não têm e provavelmente nunca terão dos portugueses - a confiança. A Rainha é um dos pilares da democracia inglesa. Passou com eles por guerras (quentes e frias), reconstruções, escândalos de governos trabalhistas e conservadores, escândalos familiares, mudanças de pensamentos, formas de estar e viver em sociedade mas manteve-se como sempre solid as a Rock.

Por isso meu caro Procurador, esta foi uma péssima comparação.

Comentário de Tiago Mesquita

PS volta a aproximar-se do PSD

O PSD continua à frente do PS mas, agora, por apenas um ponto. Pedro Passos Coelho também perde popularidade, enquanto Sócrates recupera.

A diferença entre PSD e PS voltou a encurtar. Apesar de continuar em vantagem, o PSD perde duas décimas na sondagem de agosto Expresso-SIC-RR/Eurosondagem, ao passo que o PS recupera 1,3 pontos. Uma tendência acompanhada pelos líderes de cada um dos partidos: Passos Coelho perde duas décimas enquanto Sócrates sobe 2,8 pontos.

Mas é o Presidente da República quem continua a ser o mais apreciado pelos portugueses: Cavaco Silva tem um imbatível saldo de popularidade (atingiu os 30 pontos). Nos antípodas está o Governo (com mais de vinte pontos negativos).

Nesta sondagem, efetuada já depois de conhecido o desfecho do processo Freeport, o Ministério Público cai na apreciação dos inquiridos (mantendo um escasso saldo negativo de 1,2), mas o mesmo não se passa com os juízes que, embora continuem a negativo, recuperam 2,5 pontos.

Ficha técnica

Estudo de opinião efetuado pela Eurosondagem, S.A. para o Expresso, SIC e Rádio Renascença, de 28 de Julho a 2 de Agosto de 2010. Entrevistas telefónicas realizadas por entrevistadores selecionados e supervisionados. O universo é a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal continental e habitando em lares com telefone da rede fixa. A amostra foi estratificada por Região (Norte - 19,8%; Área Metropolitana do Porto - 14,7%; Centro - 29,6%; Área Metropolitana de Lisboa - 26,1%; Sul - 9,8%), num total de 1031 entrevistas validadas. Foram efetuadas 1284 tentativas de entrevistas e, destas, 253 (19,7%) não aceitaram colaborar neste estudo de opinião. Foram validadas 1031 entrevistas, correspondendo a 80,3% das tentativas realizadas. A escolha do lar foi aleatória nas listas telefónicas e o entrevistado, em cada agregado familiar, o elemento que fez anos há menos tempo. Desta forma aleatória resultou, em termos de sexo (feminino - 51,8%; masculino - 48,2%) e, no que concerne à faixa etária (dos 18 aos 30 anos - 19,4%; dos 31 aos 59 - 49,5%; com 60 anos ou mais - 31,1%). O erro máximo da amostra é de 3,05%, para um grau de probabilidade de 95,0%. Um exemplar deste estudo de opinião está depositado na Entidade Reguladora para a comunicação social.

Fonte: Semanário "Expresso Online", 05 Agosto 2010

Memória Histórica - 06 Agosto 2010


DESCRIÇÃO Lançamento da bomba atómica sobre Hiroshima. Primeira execução pela cadeira eléctrica. Inauguração da ponte sobre o rio Tejo. Nasceram Alexander Fleming e Andy Warhol. Morreu Diego Velázquez. Chubby Checker mostrou ao mundo como se dança o twist.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Contra Ventos e Tempestades

Memória Histórica - 05 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: A Batalha de Jafa, na Terceira Cruzada. Instalação do cabo de telecomunicações que ligou a Europa à América. Colocada a primeira pedra no pedestal da Estátua da Liberdade. Nasceram Guy de Maupassant e Neil Armstrong. Morreram Friedrich Engels, Carmen Miranda e Marilyn Monroe. Os Rolling Stones e "Miss You".

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Sonho de Uma Noite de Verão

Memória Histórica - 04 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: A Batalha de Alcácer-Quibir. O monge D. Pérignon descobre o champanhe. Oficiais nazis prendem Anne Frank e a família. Nelson Mandela é preso, acusado de organizar manifestações ilegais. Nasceram Raoul Wallenberg, José Luis Zapatero e Barack Obama. Os Everly Brothers e "Wake up little Susie".

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Memória Histórica - 03 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: Cristóvão Colombo parte na viagem de descoberta da América. A França declara guerra à Alemanha, em 1914. O atleta Jesse Owens triunfa nos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936. Nasceram Tony Bennet e Martin Sheen. Morreram Joseph Conrad e Aleksandr Slojhenitsine. Los Del Rio com "Macarena".

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Memória Histórica - 02 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: O Iraque invade o Koweit e dá início à Guerra do Golfo. Aníbal impõe derrota pesada ao exército de Roma, na Batalha de Canas. Hitler torna-se ditador absoluto na Alemanha, proclamando-se "führer". As primeiras escovas de dentes com cerdas de nylon. Nasceram José Afonso e Peter O'Toole. Os Black Eyed Peas com "I gotta feeling".

Memória Histórica - 01 Agosto 2010


DESCRIÇÃO: A expulsão dos judeus de Espanha. Tropas inglesas desembarcam em Lavos para defrontar o exército francês de Napoleão. Adopção do "Metro" como unidade de medida pela Academia das Ciências de França. O primeiro Jipe. Maria de Lurdes Pintasilgo torna-se a primeira mulher a exercer o cargo de Primeiro-Ministro em Portugal. Nasceram Herman Melville, Yves Saint-Laurent e Ney Matogrosso. Primeira emissão da MTV mostra "Video killed the radio star", dos Buggles.